30 junho 2014

Forever 21

Alguns meses após o fuzuê da inauguração, dei uma passada na Forever 21 do Shoppping Morumbi para tirar minhas próprias conclusões sobre a loja e suas pechinchas.


Pelo jeito a febre ainda não passou. Para ter uma ideia, a fila no provador era de 40 minutos em média (sempre tinha alguém tentando burlar a segurança para experimentar as peças por cima da roupa) e muito modelo não tinha opção de tamanho.

Esse aglomerado à direita é a fila do provador do piso inferior. Chegava até a escada!

Detalhe que ainda eram umas 11h30 da manhã.

Tem coisa bonita? SIM.

Os preços são baixos? Se você não está acostumada ao Brás, Bom Retiro e derivados, SIM.

A qualidade é boa? AÍ É QUE SÃO ELAS...

No geral as estampas são bonitas e os cortes também, mas o material das peças não é lá essas coisas. Quando o tecido é um pouco mais grossinho e encorpado, o valor bate na casa dos R$90 ou ultrapassa os 3 dígitos e aí, sinceramente, fica puxado para mim.

Como a loja estava bem cheia, nem cogitei tirar fotos no provador e apelei para o que estava com o preço à vista mesmo, só para não passar em branco. Olha só:

Minivest por R$18,90.

Vestido com pano mais fino do que de camisola por R$34,90.

Calças coloridas com elástico por R$47,90.

Blusas de lã a partir de R$85,90.

Vestido com recorte nas costas por R$63,90.

Vestido da Geisy Arruda por R$111,90.

Suéter por R$85,90. 

Top Cropped Brasil (e outras seleções) por R$44,90.

Camisetinhas básicas por R$18,90.

Top rendado, tipo lingerie, por R$47,90.

Maxicolares por R$30,00 em média.

Talvez eu tenha ido com muita expectativa ou não tenha dado sorte mesmo, mas, no fim das contas, se for para comprar em um lugar muvucado, onde provar a roupa seja missão quase impossível, a numeração seja limitada e não dê para botar a mão no fogo pela qualidade do material, prefiro mil vezes continuar garimpando no comércio popular.

E você, já foi à Forever 21 no Brasil? Conta pra gente o que achou!

Beijo!

Por razões óbvias, não é publi. Fotos: Acervo PessoaL

Meu nome é Bruna Barbosa e tenho 27 anos. Sou radialista por formação, redatora por profissão e caçadora de descontos e liquidações por vocação. A convite da Carol, dividirei aqui as melhores dicas e opções para provar que é possível fazer a moda caber no bolso!

2 comentários:

  1. Já fui inúmeras vezes na Forever 21, nunca consegui comprar nada q pudesse dizer que tenha sido um grande achado. Tecidos bem mais ou menos, e as coisas melhores são caras na minha opinião. Fora tem muita roupa pra adolescente, piriguetes, não faz muito meu estilo. Tabém comprei um colar que na segunda vez que usei já estava preto, pior que as bijus da 25 de março.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thaís, o quesito qualidade também me decepcionou bastante...tanto que saí de lá de sacola vazia. Nunca visitei nenhuma, mas será que as unidades de fora do Brasil são muito melhores em relação a isso?
      Beijo e obrigada pela visita!

      Excluir