15 março 2013

Depilação com Mola

Tá certo que bigode está na moda, mas não na minha cara! Então como lidar com o drama na hora de depilar o buço?


Se opto pela cera, sinto a dor do parto e ainda aumento as chances de flacidez e manchas na região. Já os cremes depilatórios, além de federem mais que a Estação Vila Olímpia da CPTM, podem causar irritação e alergia na pele.

Em busca de alternativas para não acabar como sósia da Monga, fui apresentada ao método de depilação facial com mola.


Os prós são vários: não irrita a pele, remove até aquela penugem bem fininha, os pelos demoram cerca de 20 dias para crescer e a dor é suportável.

O maior contra, sem dúvidas, é o preço. Pesquisando por aí, descobri que cada sessão pode chegar a custar R$80,00.

Antes de me desanimar e colocar as barbas de molho, resolvi ir atrás do apetrecho (também conhecido como "My Spring It") para fazer a depilação em casa. Apesar de já estar bem difundido na gringa, ainda não é muito fácil de encontrar por aqui, mas depois de bater perna por tudo quanto é perfumaria, comprei um na Sumirê por R$10,00.



O processo em si não tem muito segredo (como demonstra o elucidativo manual em ideogramas): basta dobrar a mola com as pontas viradas para baixo, encostar na área a ser depilada e torcer as pontinhas emborrachadas para a mesma direção - as duas para dentro, depois as duas para fora.


Uma vez que você pega o jeito é só repetir o movimento até acabar.

A sensação é de beliscar um pouco a pele, tipo quando aquelas pulseiras "cordinha de violão" enroscavam nos pelos do braço, sabe? Mais incômodo do que dor, mas tudo tolerável.

As mais sensíveis podem apelar para uma pomada anestésica alguns minutos antes da depilação, mas, sinceramente, não vejo muita necessidade.

O bastão é bem leve e flexível e os pelos se engancham nesses espacinhos da mola.

Dizem que esse método é parente próximo da depilação com linha, mas achei mais prático, rápido e fácil de manusear. Por outro lado, dá menos precisão, então nem pensar em subir a mola para a sobrancelha!

Alguém aí já é adepta?

Beijo!


Meu nome é Bruna Barbosa e tenho 26 anos. Sou radialista por formação, redatora por profissão e caçadora de descontos e liquidações por vocação. A convite da Carol, dividirei aqui as melhores dicas e opções para provar que é possível fazer a moda caber no bolso!

2 comentários:

  1. Em qual sumire você achou? Ontem fui na de perdizes e nada, as vendedoras nem sabiam do que se tratava.... rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na de Santana. Só as meninas do caixa é que conseguiram achar para mim, as outras atendentes também ficaram com cara de interrogação.

      Excluir