25 outubro 2012

Dicão de bolsas! (pra me redimir do sumiço)

Todo mundo quer coisa boa, coisa fina, né não Vera?!

E coisa boa, coisa fina, nem sempre precisa ser de marca e custar um absurdo de caro.

Um bom exemplo disso, são as bolsas do Brás!

Juro... Lá tem muuuuita bolsa bonita (tem breguinha também, mas é só abstrair!), bem feita e com preços muito baixos! Eu só compro bolsa lá!
Não compro nos fast fashions da vida, nem nos catálogos da vida, nem nos supermercados da vida e muuuuuito menos nas lojas famosas de couro da vida! If you know what I mean.

No Brás, toda semana tem novos modelos e eles estão super antenados com as tendências fashion. Olhaí!

Essas aqui são da Marcinha! (Eu digo, essa menina é uma perdição)
R$45,00
R$40,00
R$30,00
R$45,00
R$40,00
 E essas são as minhas!  =)
De cima pra baixo:
A preta (que é a coisa mais rica do mundo, pena que não dá pra ver muito bem na foto) - R$45,00
A bege, grandona (que eu uso todo dia para trabalhar) - R$30,00
A colorida (que foi amor a primeira vista) - R$35,00
A crú, fininha - R$25,00
Já mostrei um modelo menorzinho que outra amiga do trampo comprou lá também, nesse link aqui, lembram?

A média de preços é essa mesmo. As mais baratinhas, geralmente as menores, custam entre R$20,00 e R$30,00. As maiores, ou as mais incrementadas (com detalhes ou materiais diferentes), ficam entre R$40,00 e R$60,00. (Eu nunca encontrei uma bolsa que passasse das 60 pila lá.)

O acabamento delas é muito bom! Os zíperes funcionam bem. Quase todas elas vem com uma alça regulável, extra e tem vários compartimentos interno (gosto dos forros também, tem umas estampas bem fofinhas)!


Agora as madames vão dizer:
Mas não é de couro!
Claaaaaaaaro que elas não são de couro! Não somos nem jovens de esperar isso por esse preço!

Mas elas não vão durar muito!
Olha gata, elas não duram mesmo! Eu ando a pé, tomo chuva, sol, enfrento multidão, pego ônibus, largo a bolsa em qualquer cadeira que encontro, minhas cachorras pulam no meu colo quando tô com elas, e vira e mexe, faço a Lady Kate, jogando a bolsa no chão... É, não duram mesmo! Cerca de 1 ano, mais ou menos, depois disso começam a ficar feinhas. MASSSS eu prefiro mil vezes comprar uma bolsa de R$40,00 por ano (e fazer a rycah das mil bolsas), do que comprar uma de R$400,00 na loja e usar o mesmo modelo o resto da vida! (as pobre louca tudo, levanta da cadeira para aplaudir agora, compartilhando esse momento comigo!)

Ah, mas tem a questão do conforto, de comprar numa loja, com estacionamento, ar condicionado...
Tem também! Mas ir no Brás, uma vez por ano não é como ir pra forca. Puxa, combina com umas amigas, chama a mãe, a vizinha e marca uma excursão. Garanto que vai ser divertido!
Se não quer ir de transporte público, tudo bem, dá pra ir de carro e parar na rua mesmo, pagando Zona Azul, ou nos estacionamentos da região.

Na minha opinião, os lugares mais legais para comprar as bolsas são na própria feirinha da madrugada (as bolsas da Marcinha são de lá!) ou em 2 galerias que ficam bem em frente (onde eu comprei as minhas). Uma das galerias chama Shopping Famma e a outra, Bazar do Oriente.



Olha... Não sei vocês, mas eu achei essa uma das melhores dicas que eu poderia dar!
Vale a pena, de verdade, viu!  ;)

Quem for igual São Tomé e passar lá para comprovar, manda as fotos pra gente (através do e-mail: muitomaiscommenos@gmail.com ou da fan page: http://www.facebook.com/muitomaiscommenos). Vamos adoraaaaaaaaaaaaaaar receber as fotinhos e depoimentos de vocês!

BjoOoO


Meu nome é Carol Böck e tenho 25 anos! Trabalho como editora de fotografia e, como toda mulher, adoooooro uma liquidação, um descontinho, um precinho bacana e um babado! Por isso, resolvi criar esse blog, para dar algumas diquinhas mara dos baphos que eu vou encontrando por aí! =P

4 comentários:

  1. Caroool o post ficou muto legal. Bjks =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, bebê!

      Graças a sua colaboração (sempre), né?

      BjoOoO

      Excluir