21 agosto 2012

Maxicolares com preço mini!

Assim como para dançar o créu, para se aventurar na 25 “tem que ter disposição, tem que ter habilidade”. Não adianta querer sair comprando tudo na velocidade 5 só para ir embora logo. O segredo é pesquisar, comparar e, obviamente, pechinchar.
Não sei se todas estão habituadas às peculiaridades de um dos endereços mais populares de São Paulo, por isso, aí vão algumas dicas básicas:

1 - Opte pelo transporte público: a região tem muito trânsito, os estacionamentos são caros, tem metrô na porta e é mais fácil atravessar a Cracolândia comendo um hambúrguer sem ser incomodada do que encontrar um lugar para estacionar na rua.
2 - Leve apenas o necessário: eu sei que aqui no blog é tudo mais com menos, mas na 25 menos é mais, pode acreditar. Como a muvuca é grande, os furtos, infelizmente, também são comuns. Leve trocado (algumas lojas só aceitam dinheiro), cartão, documento, bilhete único e, se tiver smartphone, troque o chip do seu celular para aquela relíquia do museu do telefone que você usa como despertador ou “só para jogar o jogo da cobrinha”.
3 - Por último, mas não menos importante, convide as amigas: além do prazer da companhia, muitas lojas só vendem a partir de um valor mínimo. Para um bolso só pode ficar pesado, mas estando em várias não é nenhum esforço.

Bom, se o lugar é o caos na Terra, por que diabos ir até lá? No meu caso, pelos maxicolares. Não é novidade para ninguém que eles dão um up em qualquer visual, mas se eu os comprasse pelos preços que andava vendo nas lojas, teria que combiná-los com roupas doadas pelo Exército da Salvação ou adquiridas em algum comício eleitoral. Como não tá fácil para ninguém, resolvi encarar o desafio e valeu muito a pena!








Os colares em fundo preto são de uma loja chamada Julia França, que fica na Rua Varnhagen (primeira travessa da Ladeira Porto Geral descendo do metrô em direção à 25). Todos custaram R$12,90, menos o azul e dourado, que foi R$4,99. O melhor de tudo é que essa loja não tem mínimo!




Os colares em fundo branco são de vários lugares diferentes. Alguns são de camelô, outros do Shopping Porto Geral, mas todos custaram menos de R$15,00.







Agora não precisa mais fazer um rombo no orçamento para sair por aí com ares de herdeira fashionista. #TODASVIBRA!

  

Meu nome é Bruna Barbosa e tenho 25 anos. Sou radialista por formação, redatora por profissão e caçadora de descontos e liquidações por vocação. A convite da Carol, dividirei aqui as melhores dicas e opções para provar que é possível fazer a moda caber no bolso!

5 comentários:

  1. Bruna, amei as dicas, vou reunir minhas amigas companheiras de asfalto e vou me esbaldar!!!!! Valeu.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. pow moro no pará, meu nome é paola....gente vcs não tem nossão por quanto agente compra qki esse max colar...nosso maito caro ...por baixo R$ 75,00 a 125,00. a eu em são paulo.

    ResponderExcluir