21 agosto 2012

Maxicolares com preço mini!

Assim como para dançar o créu, para se aventurar na 25 “tem que ter disposição, tem que ter habilidade”. Não adianta querer sair comprando tudo na velocidade 5 só para ir embora logo. O segredo é pesquisar, comparar e, obviamente, pechinchar.
Não sei se todas estão habituadas às peculiaridades de um dos endereços mais populares de São Paulo, por isso, aí vão algumas dicas básicas:

1 - Opte pelo transporte público: a região tem muito trânsito, os estacionamentos são caros, tem metrô na porta e é mais fácil atravessar a Cracolândia comendo um hambúrguer sem ser incomodada do que encontrar um lugar para estacionar na rua.
2 - Leve apenas o necessário: eu sei que aqui no blog é tudo mais com menos, mas na 25 menos é mais, pode acreditar. Como a muvuca é grande, os furtos, infelizmente, também são comuns. Leve trocado (algumas lojas só aceitam dinheiro), cartão, documento, bilhete único e, se tiver smartphone, troque o chip do seu celular para aquela relíquia do museu do telefone que você usa como despertador ou “só para jogar o jogo da cobrinha”.
3 - Por último, mas não menos importante, convide as amigas: além do prazer da companhia, muitas lojas só vendem a partir de um valor mínimo. Para um bolso só pode ficar pesado, mas estando em várias não é nenhum esforço.

Bom, se o lugar é o caos na Terra, por que diabos ir até lá? No meu caso, pelos maxicolares. Não é novidade para ninguém que eles dão um up em qualquer visual, mas se eu os comprasse pelos preços que andava vendo nas lojas, teria que combiná-los com roupas doadas pelo Exército da Salvação ou adquiridas em algum comício eleitoral. Como não tá fácil para ninguém, resolvi encarar o desafio e valeu muito a pena!








Os colares em fundo preto são de uma loja chamada Julia França, que fica na Rua Varnhagen (primeira travessa da Ladeira Porto Geral descendo do metrô em direção à 25). Todos custaram R$12,90, menos o azul e dourado, que foi R$4,99. O melhor de tudo é que essa loja não tem mínimo!




Os colares em fundo branco são de vários lugares diferentes. Alguns são de camelô, outros do Shopping Porto Geral, mas todos custaram menos de R$15,00.







Agora não precisa mais fazer um rombo no orçamento para sair por aí com ares de herdeira fashionista. #TODASVIBRA!

  

Meu nome é Bruna Barbosa e tenho 25 anos. Sou radialista por formação, redatora por profissão e caçadora de descontos e liquidações por vocação. A convite da Carol, dividirei aqui as melhores dicas e opções para provar que é possível fazer a moda caber no bolso!

5 comentários:

  1. Bruna, amei as dicas, vou reunir minhas amigas companheiras de asfalto e vou me esbaldar!!!!! Valeu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai sim que dá para garimpar muita coisa legal!

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. pow moro no pará, meu nome é paola....gente vcs não tem nossão por quanto agente compra qki esse max colar...nosso maito caro ...por baixo R$ 75,00 a 125,00. a eu em são paulo.

    ResponderExcluir